Teclas de Atalho no Project

O objetivo deste tutorial é apresentar algumas teclas de atalho do Project 2010 para facilitar o acesso as suas funcionalidades:

Vamos a lista de teclas:

ALT + X - Permite habilitar a sequência de teclas do Office.

F1 - Ajuda sobre o programa.

CTRL + S - permite salvar o projeto.

CTRL + A - permite abrir o diretório local para localizar um projeto salvo localemente.

INSERT - permite inserir novas linhas no projeto.

CTRL + K - permite inserir hiperlinks .

CTRL + N - permite inserir o estilo de letra negrito na atividade que estiver selecionada.

CTRL + I - permite inserir o estilo de letra itálico na atividade que estiver selecionada.

CTRL + S - permite inserir o estilo sublinhado na atividade que estiver selecionada.

SHIFT + F2 - permite abrir a tela de informações sobre a tarefa.

CTRL + O (oh) - permite abrir um novo projeto.

CTRL + B - permite utilizar o recurso Salvar Como.

CTRL + L - permite utilizar o recurso Localizar.

CTRL + P - permite utilizar o recurso de Impressão.

CTRL + U - permite utilizar o recurso de Substituir.

CTRL + Y - permite utilizar o recurso de Ir Para.

CTRL + W - permite utilizar o recurso Salvar.

CTRL + F4 - permite utilizar o recurso Salvar.

CTRL + F5 - permite ajustar a janela do projeto ativo.

CTRL + R - permite utilizar o recurso Refazer.

CTRL + Z - permite utilizar o recurso Desfazer.

F1 - Ajuda do programa.

F2 - Permite editar a tarefa selecionada.

F5 - Permite utilizar o recurso Ir Para.

F7 - Permite utilizar o recurso Ortográfia.

F10 - Permite destacar uma seleção na tarefa selecionada.

F11 - Permite abrir um novo projeto.

F12 - Permite utilizar o recurso Salvar Como.

SHIFT + F2 - Permite abrir a tela de informações do projeto.

SHIFT + F3 - Permite abrir um novo projeto.

SHIFT + F4 - Permite utilizar o recurso Salvar.

SHIFT + F5 - Permite utilizar o recurso Localizar.

SHIFT + F6 - Permite dividir a tela do projeto em duas exibições Gráfico de Gantt e Formulário de Tarefas.

SHIFT + F11 - Permite abrir um novo projeto.

SHIFT + F12 - Permite utilizar o recurso Salvar Como.

ALT + L - Permite ir para a aba Desenvolvedor.

ALT + A - Permite abrir a aba Arquivo.

ALT + W - Permite abrir a aba Tarefa.

ALT + U - Permite abrir a aba Recurso.

ALT + R - Permite abrir a aba Projeto.

Referência Microsoft:
http://office.microsoft.com/en-us/project-help/keyboard-shortcuts-for-project-2010-HP010352377.aspx


Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Shortcut Key in Project 2010.

Como definir uma senha no Project 2010

O objetivo deste tutorial é apresenta a forma de criar uma senha de segurança no Project 2010 para a utilização compartilhada de cronogramas.

Vamos aos procedimentos para realizar essa ação:

1 - Com o Project 2010 aberto clique em Arquivo - Salvar Como.

2 - Na tela de Salvar localize a opção Ferramentas, clique em sua seta lateral e escolha a Opções Gerais.

3 - Na tela de Opções de gravação é possível definir se:

Sempre criar uma cópia de backup - será gerado uma cópia do projeto que está sendo salvo.
Compartilhamento de Arquivo - dispõe de duas opções , são elas:
  • Senha de Proteção - Esta senha visa garantir a proteção de acessos não autorizados ao projeto.
  • Senha de Gravação - Esta senha garante que nenhuma alteração será salva no projeto original.
Recomendável usar como somente leitura - permite que o projeto seja exibida no modo de somente leitura.

Exemplo da tela.


4 - Será necessário confirmar a senha de gravação digitando ela novamente.Clique em OK e OK novamente e ao término Salvar.

5 - Feche o projeto e acesse o diretório onde o arquivo foi salvo. Veja que foi gerado automáticamente o backup do projeto *.bak.


6 - Caso você tenha habilitado a opção Recomendável usar somente leitura será exibida uma mensagem informando que o projeto precisa ser aberto somente como leitura a menos que que as alterações nele realizadas devam ser salvas. Deseja abrir o arquivo como somente leitura?
  • Sim - o projeto será aberto somente como leitura e nenhuma alteração feita será salva é necessário informar a senha de proteção.
  • Não - Será exibida a tela solicitando a senha de gravação.



  • Cancelar - encerra a abertura do projeto.

Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Password file in Project 2010.

Verificar se uma tarefa possui ou não Linha de Base.

O objetivo deste tutorial é verificar se a atividade possui ou não linha de base atribuida a ela através de um texto descritivo.

Vamos aos procedimentos para realizar essa ação.

1 - Insira no modo de exibição da tela da planilha de tarefas do Project 2010 ou a coluna Início da Linha de Base ou Término da Linha de Base ela permitirá saber o status da linha de base do projeto. Se você utilizar a versão inglês do Project 2010 será exibida nesta coluna o valor padrão NA e se você utilizar a versão do Project 2010 português ND.

Para a inserção da coluna Início ou término da linha de base clique com o botão direito sobre uma das colunas exibidas clique sobre a opção Inserir coluna, localize a coluna deseja e clique sobre ela.

Exemplo da tela do Project 2010 inglês a informação é NA.


2 - Clique com o botão direito sobre uma das colunas que estão sendo exibidas na tela e escolha a opção Inserir Coluna.

3 - Escolha a opção Texto1 e clique sobre o nome para confirmar a inserção da coluna na planilha de tarefas, conforme exemplo.


4 - Clique com o botão direito sobre a coluna Texto1 que foi inserida , localize a opção Campos personalizados e clique sobre esta opção.


5 - Marque a opção o Radio Button da opção Fórmula e confirme pressionando o botão OK.





6 - Insira a seguinte fórmula:


7 - Clique em OK na caixa fórmula e OK na caixa Campo Customizado e observe o resultado final.



Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Check or verify baseline in one Task Project 2010.

Serviços do SharePoint 2010

O objetivo deste tutorial sobre é ensinar os conceitos dos serviços do SharePoint 2010.

Pré requisitos:
  • Ter direitos de administrador ao Farm SharePoint

Vamos aos procedimentos para essa ação:

1 - Acesse a Central Administration do SharePoint 2010 no servidor de aplicação, para isso clique em Central Administration - System Settings - Manage Services on Server.



2 - Os serviços encontrados na lista de serviços do SharePoint 2010 começa com a lista abaixo.

Na lista abaixo existe alguns dos serviços encontrados no SharePoint 2010 que destaquei para um melhor compreensão das informações.

A qualquer momento a lista de serviços pode ser consultada diretamente no site MSDN da Microsoft.

  • Access Database Services - é um serviço que permite aos usuários publicar um banco de dados Microsoft Access 2010 para um Web site do SharePoint. Quando um banco de dados Web Access é publicado para o SharePoint Server 2010, um site é criado para hospedar o banco de dados da Web, além de que move todos os objetos de banco de dados e dados para uma lista do SharePoint no site.
  • Application Registry Service - O Serviço de Registro de aplicativos é um serviço compartilhado no SharePoint Server 2010 para armazenar definições de aplicativos que são compatíveis com o Office SharePoint Server 2007 modelo Business Data Catalog objeto. Se você fez uma versão de atualização de versão do Office SharePoint Server 2007 para o SharePoint Server 2010 ou você fez uma instalação autônoma do SharePoint Server 2010, o serviço é ativado por padrão. Se você não estiver atualizando soluções do Office SharePoint Server 2007 para o SharePoint Server 2010, você pode ativar o serviço fora para melhorar o desempenho. Este artigo descreve como desativar e ativar o serviço de registro de aplicativos usando a Administração Central ou o Windows PowerShell.

  • Business Data Conectivity Services - O Microsoft SharePoint Server 2010 e os pacotes do Microsoft Office 2010 incluem os Serviços Corporativos de Conectividade da Microsoft, que são um conjunto de serviços e recursos que oferecem uma maneira de conectar soluções do SharePoint a fontes de dados externas e de definir tipos de conteúdo externo que se baseiam nesses dados externos. Tipos de conteúdo externo se assemelham a tipos de conteúdo e permitem a apresentação de dados externos e a interação com estes em listas do SharePoint (conhecidas como listas externas), em Web Parts e também em clientes do Microsoft Outlook 2010, do Microsoft SharePoint Workspace 2010 e do Microsoft Word 2010. Sistemas externos aos quais os Serviços Corporativos de Conectividade da Microsoft podem se conectar incluem bancos de dados do SQL Server, aplicativos SAP, serviços Web (incluindo os serviços Web do Windows Communication Foundation), aplicativos personalizados e sites que se baseiam no SharePoint. Usando os Serviços Corporativos de Conectividade da Microsoft, você pode criar e desenvolver soluções que estendem os recursos de colaboração do SharePoint e a experiência do usuário do Office, de forma a incluir dados corporativos externos e os processos que estão associados a esses dados.

  • Claims to Windows Token Service - As reivindicações para o Windows Token Service (c2WTS) é um recurso do Windows Identity Foundation (WIF). O c2WTS extratos nome de usuário principal (UPN) reclama de não-Windows tokens de segurança, tais como SAML e X.509 tokens, e gera a representação de nível tokens de segurança do Windows. Isso permite que um aplicativo terceira parte confiável para representar o usuário. Isso pode ser necessária para acessar recursos back-end, como o Microsoft SQL Servers, que são externos ao computador executando o aplicativo terceira parte confiável.

  • Excel Calculation Service - O Serviços do Excel dá suporte a compartilhamento, proteção, gerenciamento e uso de pastas de trabalho do Excel 2010 em uma biblioteca de documentos ou sites do SharePoint Server. O Serviços do Excel consiste nos componentes ECS (Serviços de Cálculo do Excel), EWA (Microsoft Excel Web Access) e EWS (Serviços da Web do Excel). Esses três componentes interagem com o SharePoint Server e o Serviços do Excel para contribuir com processos de business intelligence da organização. Essencialmente, o Excel 2010 é uma ferramenta de criação e o Serviços do Excel é uma ferramenta de relatório.

  • Manage Metadata Web Service - Os recursos de monitoramento em Microsoft SharePoint Server 2010 ajudará a entender como o SharePoint Server 2010 sistema está funcionando, analisar e reparar problemas e visualizar as métricas para os sites. Monitorar o ambiente SharePoint Server 2010 inclui as seguintes tarefas.

  • PerformancePoint Service - O Serviços PerformancePoint no Microsoft SharePoint Server 2010 é um serviço de gerenciamento de desempenho que pode ser usado para analisar e monitorar seus negócios. Fornecendo ferramentas fáceis de usar e flexíveis para construir painéis, scorecards, relatórios e KPIs (indicadores de desempenho chave), o PerformancePoint Services pode ajudar a todos em uma organização a tomar decisões de negócios a partir de informações, alinhadas com os objetivos e a estratégia da empresa. Scorecards, painéis e KPIs ajudam a estimular a responsabilidade. As análises integradas ajudam os funcionários a partir rapidamente do monitoramento de informações para a análise delas e, quando for o caso, compartilhá-las com toda a organização.

  • SharePoint Server Search - O Microsoft SharePoint Server 2010 oferece a funcionalidade de pesquisa e todos os recursos corporativos existentes no Microsoft Office SharePoint Server 2007 e oferece vários novos recursos de pesquisa corporativa. Este artigo resume a funcionalidade de pesquisa e os novos recursos corporativos do SharePoint Server 2010. Com esses novos recursos, os administradores de pesquisa poderão configurar uma infraestrutura de pesquisa segura ideal, que permitirá que os usuários finais localizem informações na empresa com rapidez e eficiência.

  • User Profile Service - O serviço de Perfil de Usuário armazena informações sobre os usuários em um local central. Os recursos de computação social usam essas informações para possibilitar interações produtivas que permitem aos usuários trabalhar em conjunto com eficiência. Para provisionar os sites Meu Site, habilitar recursos de computação social, como marcação social e news feeds, bem como criar e distribuir perfis entre vários sites e farms, é necessário habilitar o serviço de Perfil de Usuário.

  • Visio Services - O Serviços do Visio no Microsoft SharePoint Server 2010 é um aplicativo de serviço com o qual os usuários podem compartilhar e exibir os desenhos da Web do Microsoft Visio. O serviço também permite atualizar desenhos da Web do Microsoft Visio 2010 conectados a dados a partir de várias fontes de dados.

Fonte: MSDN.

Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Manage Service on Server in SharePoint 2010.

Utilizar uma planilha do Excel no SharePoint 2010

O objetivo deste tutorial é ensinar a armazenar uma planilha excel dentro de uma biblioteca de documentos e visualizar essa planilha em uma lista customizada do SharePoint.

Vamos aos procedimentos para essa ação:

1 - Abra o Microsoft Excel e crie uma planilha simples.

2 - Salve a planilha criada com o nome TreinamentoSharePoint com a extensão *.xlsx em um diretório ou pasta do seu computador.

3 - No meu exemplo já possuo uma biblioteca de documentos do projeto pronta onde será armazenada a planilha criada.Assim vou clicar sobre a opção Adicionar Documento.

4 - Clique no botão Procurar e localize o diretório onde o arquivo foi salvo, conforme descrito na etapa 2.



Clique sobre ele para selecionar e em seguida clique sobre o botão Abrir.


5 - Será exibido o caminho completo onde o arquivo está no seu computador. Clique em OK.



6 - Aguarde o processo de upload do arquivo para que ele seja carregado para a biblioteca do site SharePoint.

7 - Será exibida uma tela informando que o arquivo foi carregado com sucesso. Clique em Salvar.

8 - O arquivo ficará armazenado na biblioteca.

9 - Retorne a tela inicial do Site.

10 - Clique em Ações do Site - Configurações do Site.

11 - Localize o grupo Administração do Site e clique sobre a opção Bibliotecas e Listas do Site.


12 - Clique sobre a opção Criar Novo Conteúdo.

13 - Na opção Filtrar por , clique sobre a opção Listas logo em seguida clique sobre a opção Lista Personalizada , informe o nome Excel para a Lista e clique em Criar.


14 - Aguarde o processo de criação da Lista Personalizada.

15 - Visualize o resultado final após a criação da Lista Personalizada.

16 - Na mesma lista personalizada chamada Excel clique em Ações do Site - Editar Página.

17 - Feche a opção Excel que será exibida.

18 - Será exibida uma tela sem web part nesta etapa.Clique sobre o link Adicionar uma Web Part.


19 - Na opção Categorias clique em Dados Corporativos - Excel Web Access e clique em Adicionar.

20 - Será exibida uma web parte do Excel substituindo a nativa fechada anteriormente.

21 - Clique sobre a opção: Clique aqui para abrir o painel de ferramentas.

22 - No painel lateral que será aberto chamado Excel Web Access clique nos três pontos presentes no final da caixa Pasta de Trabalho.

23 - Clique duas vezes sobre a biblioteca que está armazenando a planilha , será exibida a planilha do treinamento na lista de arquivos , clique sobre ela para selecionar e em seguida clique em OK.

24 - Será exibida na Caixa caminho completo do arquivo.

25 - Role a barra de rolagem até final da página e clique em Aplicar.

26 - Role a barra de rolagem até o início da página novamente e observe o resultado.

27 - Role a barra de rolagem até o final da página e clique em Ir.

28 - Resultado final Esperado.


Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Excel Web Access in SharePoint 2010.

Utilizar fórmulas em campos de listas customizadas do SharePoint 2010

O objetivo deste tutorial é ensinar como utilizar fórmulas em campos de listas do SharePoint 2010.

Pré requisitos:
  • Ter uma lista customizada pronta com um campo do típo número devidamente preenchida.

Vamos aos procedimentos para realizar essa ação:

1 - Com a lista customizada do SharePoint 2010 aberta.


Observe que no exemplo utilizado a minha lista personalizada chama-se vendedores e possui um coluna de Título onde preenchi os vendedores e uma coluna de número onde preenchi o valor da vendas.

2 - Clique na aba Lista - Configurações de Lista.


3 - A coluna Título onde está registrado o nome dos vendedores é nativa, para criar as duas próximas colunas Venda e Resultado basta clicar na opção Criar Coluna.

Para criar a coluna Venda clique em Criar Coluna informe o nome da coluna que em nosso exemplo é Venda, marque a opção Número,deixe habilitada a opção Adicionar a exibição padrão e clique em OK.

Exemplo da tela.


4 - Para criar a coluna Resultado clique em Criar Coluna informe o nome da coluna que em nosso exemplo é Resultado, marque a opção Calculado (cálculo baseado em outras colunas) , insira a seguinte fórmula =SE([Venda]<1000;"Má Venda";"Boa Venda") , marque a opção Texto com uma linha e deixe habilitada a opção Adicionar a exibição padrão e clique em OK.

Exemplo da tela.


5 - Clique em Adicionar Novo Item, faça o preenchimento dos campos Título com o nome do vendedor e o campo Venda com o valor da venda e clique em Salvar.

6 - Observe o resultado final após o preenchimento.


Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Create formula in SharePoint 2010

Salvar um site como modelo no SharePoint 2010

O objetivo deste tutorial é ensinar a criar um modelo de site a partir de um site existente.

Vamos aos procedimentos para esta operação:

1 - Com o Site do SharePoint 2010 aberto.


2 -  Clique em: Ações do Site - Configurações do Site.



3 -Localize o grupo Ações do Site e clique sobre o item Salvar site como modelo.



4 - Informe os dados do modelo, como:
  • Nome do Arquivo - corresponde ao nome do arquivo de modelo.
  • Nome do Modelo - corresponde ao nome do modelo que será armazenado na lista de modelos do SharePoint 2010.
  • Descrição - corresponde a descrição do modelo. Exemplo site de treinamento.
  • Incluir conteúdo - Marque esta opção se você pensa em deixar armazenado no modelo arquivos que já estejam no site atual. Exemplo documentos da empresa desenvolvidos em Word.
 Exemplo da configuração no site.


 Ao término clique em OK.

5 - Aguarde a conclusão do processo de criação do modelo de site.


6 - Nesta etapa é possível realizar duas operações.A primeira é se você der um clique em OK ele encerrar a conclusão e deixa o modelo salvo na galeria de modelos de site.Se você clicar sobre a opção Galeria de Soluções é possível acessar a galeria de modelos de site do SharePoint 2010.


Dica: Caso você resolvar clicar sobre a opção Galeria de Soluções salve o endereço em seus favoritos do Internet Explorer assim da próxima vez que você resolver acessar a lista de templates de site ficará mais fácil o seu acesso.

Exemplo da tela de Galeria de Soluções:



7 - Para alterar o nome do modelo salvo clique sobre a opção Editar efetue a modificação e clique em Salvar.


8 - Caso você queira salvar esse modelo localmente em seu computador clique sobre o título do modelo e utilize o botão Salvar.




Apenas lembrando que diferente da versão anterior ao SharePoint 2010 a extensão dos modelos atuais é *.wsp.


Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Save Template site in SharePoint 2010.