Códigos de erro no Project Server 2013

Olá leitores,

Para auxiliar os consultores no uso de suas atribuições de trabalho com o Project Serve 2013 a Microsoft disponibilizou uma lista de códigos com os principais erros encontrados que podem ocorrer no programa.

Vale lembrar que muitos desses erros está relacionado ao nosso dia a dia, como falta de permissão, erros durante a configuração, problemas de rede, licenciamento e processamento em servidores, quando cito servidores me refiro tanto aos servidores de aplicação quando a servidores de bancos de dados.

Essa lista vale também para os programadores/desenvolvedores que utilizam o PSI - Project Server Interface para desenvolvimento de aplicações para o Project Server 2013 e nela também é encontrada um range com os principais códigos de erro.

Para mais informações acesse:

http://msdn.microsoft.com/en-us/library/office/ms508961.aspx


Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Project Server 2013 error codes.


O Futuro do Microsoft Project

Introdução:

Com o produto Microsoft Project 2013 fechado a Microsoft futuramente lançará para empresas e pessoas em todo o planeta não apenas mais um produto e sim estará mais uma vez quebrando barreiras entre as organizações e o acesso as informações. Uma tomada de decisão eficaz é o que tornará uma organização eficiente e viva no mercado. Isso me faz refletir o quanto o nível de uma solução de gerenciamento de projetos referência em todo o mundo é elevado a cada versão lançada, o quanto ela é totalmente diferenciada em relação a outras ferramentas de mercado e o quanto o futuro se torna promissor para empresas e executivos que podem de forma imediata acessar, acompanhar e avaliar os objetivos de seus projetos com o seu alinhamento estratégico. 

Se analisarmos em uma linha de tempo não muito distante a evolução do produto ao longo do tempo, veremos o quanto é nítido a melhoria de seus recursos. Em 1995 os controles de projetos eram feitos em simples controles locais quase uma planilha do Excel e ao olhar hoje  uma versão a nível servidor, compartilhando e colaborando dados entre toda a equipe de projeto em todos os níveis (diretores,executivos, gerentes de projeto, gerentes de portfólio e parte operacional) é um fator de orgulho. 

O Project 2013 neste momento será mais uma nova experiência de conhecimento, porque além de manter e  permitir avaliar, controlar e gerenciar seus cronogramas de projeto tanto a nível local com o Project Professional e Project Standard 2013 e diretamente na Web com o Project Web Access ambas funcionalidades já presentes em sua versão anterior Project 2010 irá trazer um novo conceito que é o Microsoft Project Online. 

Integrado ao Office 365 e agregando mais valor as empresas que forem utilizar essa plataforma de colaboração mais evoluída, ela se tornará um marco histórico em sua evolução como solução corporativa para gerenciamento de projetos. 

Tenho certeza que outras melhorias virão e se tornarão decisivas para levar a escritórios de projetos, executivos, diretores e gerentes de projeto a um novo patamar corporativo de colaboração e compartilhamento de informações.  


Armazenando um arquivo do Project em um banco de dados Access

O objetivo deste arquivo é mostrar como armazenar um arquivo do Project em um banco de dados Microsoft Access.

Acesse o programa Microsoft Access 2010 e clique em Arquivo - Novo - Banco de dados em branco.

Defina o banco de dados com o nome teste.accdb que corresponde ao extensão do programa Microsoft Access.

Na sequência clique em Criar.

Será criado um banco de dados com o nome teste.

Em seguida com o banco de dados do Microsoft Access 2010 devidamente aberto clique em Criar - Tabela e na sequência clique em Modo de Exibição - Modo de Design.

Defina o nome da tabela como Tabela_Teste.

Exemplo:


Defina a seguinte estrutura de dados nos campos conforme exemplo abaixo.


Pressione o botão direito do mouse sobre o nome da tabela_teste e clique em salvar para armazenar as alterações que foram efetuadas.

Clique com o botão direito sobre o nome da tabela_teste e clique em Fechar, este procedimento é necessário para encerra a tabela que esta aberta no banco de dados.

Retorne a opção Criar - Assistente de Formulário e escolha a tabela_teste no início do assistente de criação de formulários e adicione os campos (Código, Descrição e Arquivo) através do botão ">" e clique em Avançar.


No modo de escolha do formulário escolha a opção de layout Coluna e clique em Avançar.



Na sequência escolha o nome do formulário, no meu exemplo eu utilizei o nome Formulário_Teste. Habilite a opção Abrir formulário para visualizar ou inserir informações e clique em Concluir.


Resultado final esperado após a conclusão do assistente de criação do formulário.


Vale lembrar que este formulário foi exclusivamente criado apenas para cadastrar o nome do projeto e armazenar o arquivo *.mpp e deve ser utilizado como a tela padrão para cadastro de arquivos daqui para frente.  

Efetue o preenchimento do campo descrição descrevendo o nome do projeto de preferência para facilitar a sua localização futuramente e clique no botão Gerenciar Anexos.

Exemplo:



Na opção Adicionar escolha o arquivo *.mpp armazenado no diretório local de seu computador.


Selecione o arquivo e clique em Abrir.


Seu arquivo foi devidamente anexado ao registro do banco de dados access e para confirmar essa operação clique em OK.


O resultado final esperado é este.



Pronto! A partir de agora você consegue armazenar seus cronogramas e organizá-los dentro do banco de dados Microsoft Access 2010.

Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: File MS Project in database Microsoft Access 2010.

VBA - Debug de impressão e teste de conexão.

O objetivo deste tutorial é mostrar  através de VBA os debugs de impressão , trabalhar com objeto do em app Project Active Profile e Connection State.

No Project 2013 clique na aba Exibição - Macros - Gravar nova Macro.

Como trata-se de um exemplo defina as seguintes informações:

Nome da Macro: Macro1
Tecla de Atalho: em branco.
Armazenar macro em: Este projeto.

E clique em OK.

Retorne a aba  Exibição e clique em Macros - Parar Gravação.

Retorne a aba  Exibição e clique em Macros - Exibir Macros.

Selecione a Macro1 que foi criada e cliquem em Editar, neste momento você será direcionado para a tela do Visual Basic for Application - VBA onde é inserido os código de programação do Microsoft Project.

Insira o seguinte código.


Pressione a tecla F8 para ir debugando e testando as operações com o código.

Espero que tenham gostado tutorial.

Reference: Debug print in VBA Project.

Exportar um arquivo do Project para pdf ou xps por VBA.

O objetivo deste tutorial é mostrar como exportar através de VBA arquivos pdf ou xps ou definindo a extensão padrão do arquivo de exportação.

No Project 2010 clique na aba Exibição - Macros - Gravar nova Macro.

Como trata-se de um exemplo defina as seguintes informações:

Nome da Macro: Macro1
Tecla de Atalho: em branco.
Armazenar macro em: Este projeto.

E clique em OK.

Retorne a aba  Exibição e clique em Macros - Parar Gravação.

Retorne a aba  Exibição e clique em Macros - Exibir Macros.

Selecione a Macro1 que foi criada e cliquem em Editar, neste momento você será direcionado para a tela do Visual Basic for Application - VBA onde é inserido os código de programação do Microsoft Project.

A linha que utilizamos para exportar as propriedades do arquivo Project para um arquivo do tipo pdf ou xps é:

DocumentExport FileName:="Diretorio\Nomedoarquivo" FileType:=pjxps.

A opção file permite que você defina qual a extensão do arquivo de exportação.

Exemplo:

Se você quiser um arquivo do tipo XPS o file type ficaria assim:

FileType:=pjxps.

Agora se o seu objetivo é um arquivo do tipo PDF o file type ficaria assim:

FileType:=pjpdf.

Vale lembra que você ainda tem a opção de definir essa extensão pdf ou xps diretamente no filename.

Exemplo:

Arquivo do tipo PDF:

DocumentExport FileName:="Diretorio\Nomedoarquivo.pdf"

Arquivo do tipo XPS:

DocumentExport FileName:="Diretorio\Nomedoarquivo.xps"

Agora vendo um exemplo prático o local para onde vou exportar exemplo é a área de trabalho - Desktop.

Exemplo:

DocumentExport FileName:="C:\Desktop\Project1.pdf"

Em outras formas:

DocumentExport FileName:="C:\Desktop\Project1" FileType:=pjpdf

DocumentExport FileName:="C:\Desktop\Project1" FileType:=pjxps

Pressione a tecla F8 para ir depurarando o código e assim que concluir acesse a área de trabalho e procure pelos arquivos exportados.

Espero que tenham gostado do tutorial.

Reference: Export Project for file pdf or file xps.